loader image
Como fazer o Xarope do Padre Romano?

Como fazer o Xarope do Padre Romano?

No sábado, dia 12 de Março de 2022, realizou-se na Casa Escola António Shiva®, o workshop “Como fazer o Xarope do Padre Romano”, onde abordámos o método de preparação deste xarope, os seus componentes e as suas propriedades para o nosso organismo.

A história do Xarope do Padre Romano

O Xarope do Padre Romano é um preparado cuja base é o Aloés. Foi criado pelo Padre Romano Zago. O Padre Romano Zago, de ascendência italiana, nasceu no Brasil em 1932. A sua intenção com a criação deste Xarope era dar ao organismo condições para que pudesse retomar o seu equilíbrio.

Para que serve este Xarope?

Composto por Aloés, mel e uma bebida destilada não fermentada, este Xarope estimula o processo de desintoxicação e limpeza do organismo, fortalece o sistema imunitário e contribui para a regeneração celular.

Propriedades medicinais do Aloés

O Aloés vem sendo, desde sempre, visto como um milagre da natureza, devido às suas inúmeras propriedades. O seu poder de rejuvenescer as células, o seu efeito hidratante e estimulante do sistema imunitário fazem desta planta um enorme aliado do nosso organismo.

O aloés é rico em diversas substâncias que lhe conferem as suas propriedades: várias vitaminas, de entre as quais destacamos a vitamina A, B, C e E; aminoácidos e oligoelementos (como o fósforo, zinco, ferro), enzimas, antraquinonas e polissacarídeos.

Contém ácido salicílico ( que tem um efeito anti-inflamatório e analgésico); giberelina que ajuda na cicatrização de feridas e acemanano ( que é um regenerador celular).

Existem várias espécies de Aloés, sendo a mais conhecida o Aloes Vera, no entanto, a espécie que reserva mais propriedades medicinais é o Aloes Arborescens.

Cada folha é composta pelo gel, pela seiva amarelada e pela casca. A seiva amarelada é rica em antraquinonas, de entre as quais, a aloína que pode causar alergia*.

Propriedades do Mel

O mel, neste preparado tem a função de adoçar e de servir como condutor das propriedades medicinais do mesmo. Para além disso, o mel tem um elevado poder antioxidante (protege as células do envelhecimento). É de destacar a propriedade antimicrobiana do mel e o seu efeito benéfico na flora intestinal. O mel também aumenta o fluxo sanguíneo e tem um efeito cicatrizante. Quanto melhor for a qualidade do mel mais rico em propriedades medicinais será o Xarope.

Propriedades da Bebida Alcoólica

Deve ser usada uma bebida destilada não fermentada (por exemplo, aguardente, cognac ou whisky). Podemos ainda usar uma tintura medicinal com esta base (exemplo: tintura de noz negra), adicionando propriedades ao Xarope. O álcool ajuda na conservação das propriedades do Xarope e na dilatação dos vasos sanguíneos, o que facilita a absorção dos constituintes.

Como preparar o Xarope

Ingredientes:

500gr de mel de abelha;

40 a 50 ml de bebida destilada não fermentada (aguardente, cognac ou whisky)

Duas ou três ou quatro folhas de Aloe arborescens, de forma a que dispostas em fila indiana perfaçam 01 metro

Preparação: Corte os espinhos laterais das folhas e remova a poeira ou sujidade das folhas com um pano húmido ou uma esponja. Coloque as folhas cortadas em cubos pequenos, o mel e o álcool no liquidificador. Bata bem, até obter uma espécie de creme esverdeado. Coloque num recipiente de vidro, de preferência escuro.

Como tomar?

A posologia recomendada pelo padre Romano são 3 colheres de sopa por dia, 15 minutos antes das principais refeições.

Este Xarope pode ser tomado de forma preventiva, ou de forma a tratar algum problema. A duração do tratamento deverá ser revista caso a caso, acompanhada por um técnico de Saúde Integral.

*Se for alérgico à seiva amarelada do aloés, utilize apenas o gel interior. Para ver se é alérgico à seiva amarelada do aloés, colha uma folha desta planta e recolha um pouco da seiva de tom amarelado que escorre do interior. Aplique numa pequena área das costas da mão. Se obtiver uma reação alérgica, não deverá usá-la na preparação deste Xarope.


A informação contida nesta página, não substitui a opinião de um técnico de saúde.

Workshop “Doses de Amor”

Workshop “Doses de Amor”

As “Doses de Amor” da Casa Escola António Shiva, são conhecidas por muitos daqueles que nos visitam. Umas bolachinhas deliciosas, feitas com muito amor, que foram criadas para agradecer e retribuir tudo aquilo que a vida nos traz.

Neste workshop, vamos mostrar como fazer as “Doses de Amor”. Venha aprender connosco!

A participação no evento é gratuita. Faça já a sua inscrição para casaescola@solucaoperfeita.com ou 263 504 162

Detalhes do Evento

Data do Evento:09 de Abril de 2022
Horário:16 horas
Localização do Evento:Casa Escola António Shiva®: Rua do Pinhal nº209 ,
2120-217 Foros de Salvaterra
Como fazer Xarope de Agrião?

Como fazer Xarope de Agrião?

No workshop “Como fazer Xarope de Agrião”, realizado online e presencialmente na Casa Escola António Shiva®, abordámos algumas propriedades medicinais dos componentes do xarope e aprendemos como prepará-lo.

Os constituintes do xarope e as suas propriedades

O agrião é considerado um superalimento devido aos seus benefícios para a saúde. É uma planta semi-aquática, encontrada frequentemente em fontes, rios e valas.

A sua composição apresenta vitaminas A, C, D, E e K e vitaminas do complexo B e minerais como cobre, zinco, magnésio, ferro, fósforo, manganês, cálcio e potássio. Para podermos aproveitar as suas propriedades medicinais podemos usá-lo em saladas, sumos naturais, em sopas ou em preparados como xaropes.

Ao nível das propriedades medicinais podemos destacar os seus efeitos nos sistemas digestivo, cardíaco e respiratório. Iremos focarmo-nos nos seus efeitos no sistema respiratório, sendo que este xarope é indicado para limpar os brônquios, eliminar tosses e problemas nas vias respiratórias.

Pela sua grande quantidade de vitamina C, o agrião estimula o sistema imunitário, auxiliando o organismo no seu mecanismo de proteção.

Devido às suas propriedades descongestionante e expectorante, o agrião auxilia a eliminação de muco e expectoração, limpando as vias respiratórias e melhorando a respiração. O agrião também tem propriedades antibacterianas.

Para além disso fornece diversos minerais ao organismo, que são importantes no desempenho de funções vitais, tais como o magnésio, potássio, ferro, cálcio e o zinco.

Este xarope contém também limão.  Este fruto é muito usado no combate às constipações e faz parte de diversos preparados com esse intuito. O limão é muito rico em vitamina C. Ajuda no fortalecimento do sistema imunitário e tem propriedades antibacterianas e antivirais.

Finalmente temos o gengibre. O gengibre tem uma ação anti-inflamatória. Ajuda na desintoxicação do organismo, sendo útil em casos de gripes. Para além disso tem um efeito relaxante e calmante o que ajuda também no caso da tosse. É também expectorante.

Como preparar o xarope de agrião?

Os ingredientes necessários para preparar o xarope de agrião são:

  • 400 gramas de Agrião
  • 500 gramas de Açúcar branco
  • 500 ml de Água
  • 2 Limões
  • 30 gramas de Gengibre

Num tacho, coloca-se o açúcar para caramelizar em lume brando, mexendo de vez em quando. Após estar caramelizado, junta-se o agrião lavado e o gengibre. Utiliza-se o agrião na íntegra, ou seja, colocam-se também os caules, porque estes são bastante ricos em minerais. Adiciona-se a água e o sumo dos limões. Deixa-se engrossar até ter a consistência de xarope, em lume médio.

Toma-se consoante a necessidade, sendo que a toma mínima aconselhada são 3 colheres de sopa por dia, após as principais refeições.

Casinhas de Biscoito

Casinhas de Biscoito

Em Dezembro começa a cheirar a Natal. Apesar de este ano esta época ser completamente diferente daquilo que estamos habituados, podemos transformá-la naquilo que quisermos. Deixamos então uma sugestão bastante divertida para fazermos com os mais pequenos e graúdos e darmos asas à nossa criatividade: a construção de casinhas de biscoito.

Tradicionalmente originárias da Alemanha, baseadas no conto Hansel e Gretel, estas casinhas são normalmente feitas com gengibre. Mas decidimos criar com outra a receita. Deixamos ao seu critério os sabores que gosta de adicionar. O molde também foi simplificado e o resultado foi um estrutura com a sua “personalidade”, mas garantimos que foi muito divertido.

A receita da massa encontra-se nos anexos abaixo. Nós usámos ovos das nossas galinhas felizes e por alguns terem tamanhos distintos, influenciou a textura da massa (tenham isso em conta quando prepararem  a massa). Acrescentámos um pouco de farinha e resolvemos o problema. A temperatura da massa também importa, pois como leva manteiga, se aquecer muito nas nossas mãos, começa a derreter. Se isso acontecer, pode colocar-se um pouco no frigorífico.

Nota: na nossa experiência, algumas das peças da casa ficaram um pouco tortas. Usámos essa oportunidade para nos libertar do perfeccionismo. No forno, podem também acontecer algumas alterações na estrutura, portanto, é melhor deixar uma margem no corte para possíveis encolhimentos.

Ao deixar arrefecer a massa devem colocar-se as peças numa superfície lisa. Isto é muito importante, para que as paredes e os telhados não fiquem ligeiramente abaulados como aconteceu com as nossas casinhas.

Podem imprimir ou apenas baixar a receita e todo o passo a passo, não esquecendo do molde. Depois de prepararem tudo e decorarem a vossa casinha, podem enviar uma foto para o nosso email (casaescola@solucaoperfeita.com), deixando a vossa partilha e experiência como inspiração a todos os que quiserem tentar.

Deixo agora um exemplo de decoração experimentado por nós!

O passo a passo e o molde das casinhas encontra-se abaixo.

Divirtam-se!

Ângela

Pudim de Chia

Pudim de Chia

No passado sábado (07-03-2020), em mais um workshop na Casa Escola António Shiva® , mostrámos como fazer “Pudim de Chia”.

Leve e deliciosa, esta sobremesa é ideal para estes dias que já parecem Primavera e é bastante fácil de preparar, só temos que ter um pouco de paciência para esperarmos que a chia cumpra o seu papel.

O primeiro passo para fazer esta receita é demolhar a aveia e as tâmaras. Depois de triturar ambos os componentes, é só juntar a chia e deixar repousar, até a mistura ter uma consistência mais firme. Adicionam-se frutas secas e frescas a gosto e é só a saborear.

Abaixo está disponibilizada a receita, para poder experimentar a receita e deliciar-se.

Veja as fotos dos workshop na Galeria da Casa Escola António Shiva®, clicando aqui

Ângela Barnabé

“Como fazer Óleo de Magnésio” – Workshop

“Como fazer Óleo de Magnésio” – Workshop

óleo de magnésio tem uma ação rápida e eficaz na reposição de magnésio a nível local, como por exemplo, os músculos ou as articulações. A aplicação de magnésio cria uma “saturação do tecido, ” e tem a capacidade de colocar o magnésio onde ele é mais necessário, diretamente a partir da circulação, onde pode atingir os tecidos do corpo em altas doses, sem perdas.

Combinado com a manipulação do tecido – que ocorre durante uma massagem – o sangue também é trazido para mais perto da superfície da pele, permitindo assim uma absorção mais rápida de magnésio para dentro das células. Além de ser um “analgésico” natural, o óleo de magnésio descalcifica os tecidos e atua sobre as afeções da pele, especialmente da celulite.

Quais são os efeitos do Óleo de Magnésio no nosso organismo?

  • Alivia dores e espasmos musculares, tremores e cãibras;
  • Auxilia o tratamento da artrite e da artrose;
  • Estimula o crescimento capilar;
  • Trata problemas de pele como celulite, acne…
  • Ajuda no processo de cicatrização (aplicação do Óleo de Magnésio diluído);
  • Descalcifica e relaxa os tecidos.

A aplicação do Óleo de Magnésio é suficiente para repor as carências de magnésio no organismo?

Não, a aplicação de Óleo de Magnésio irá levar a uma reposição local momentânea, mas é necessário assegurar que o organismo é fornecido regularmente com o magnésio. O nosso corpo necessita regularmente de magnésio para realizar as suas funções vitais, por isso é tão urgente a reposição via oral de magnésio. Para além disso, a deficiência em magnésio é tão grave, que o nosso organismo não possui os receptores necessários para a sua absorção. Uma aplicação local não é absorvida por todo o corpo e acaba por funcionar de forma limitada.

No seguinte vídeo é explicado como fazer Óleo de Magnésio. Nota: Este vídeo foi filmado no seguimento do Workshop “O Magnésio, o Sal da Vida”, onde abordámos a temática do Óleo do Magnésio.

Se também quiser fazer o Óleo de Magnésio, pode aceder à receita:

Pin It on Pinterest