25 anos

    Ângela Barnabé
    Por Ângela Barnabé

    No dia 28 de janeiro de 2021 comemorei 25 anos e como é “tradição” quero escrever um pouco sobre esta data.

    Ao longo do meu dia de aniversário ouvi que os 25 anos são uma idade muito bonita e especial. E, a verdade, é que foi uma idade que eu senti de uma maneira diferente.

    Terminei 2020 sentindo-me com uma postura diferente em relação à vida. Foi um ano de consumação de todo um trabalho que faço há sete anos.

    Ao completar 25 anos, parece que tudo ficou mais “cimentado”, a fazer parte de mim, da minha estrutura e da minha postura em relação à vida de uma maneira natural.

    O próprio dia de anos teve uma energia e um desenrolar diferente dos anos anteriores, não só pelas circunstâncias que não me permitiram celebrar da maneira que provavelmente faria, mas também por uma consciência diferente em relação à minha importância no mundo e na existência de dias especiais.

    O que importa no fundo é a forma com que eu me sinto em relação a mim mesma e essa é a conclusão que devo levar sempre comigo, seja nos 25, nos 50 ou nos 100 anos.

    Independentemente da duração da minha jornada de vida, o que importa é que seja plenamente usufruída, com alegria, serenidade e amor.

    Obrigado a todos aqueles que tornaram não só o meu aniversário especial, como todos os momentos em que estamos juntos, seja em pensamento, seja em presença!

    Obrigado!

    Ângela

    Ângela Barnabé

    Ângela Barnabé

    A experienciar a viagem fantástica que é a vida!