óleo de magnésio tem uma ação rápida e eficaz na reposição de magnésio a nível local, como por exemplo, os músculos ou as articulações. A aplicação de magnésio cria uma “saturação do tecido, ” e tem a capacidade de colocar o magnésio onde ele é mais necessário, diretamente a partir da circulação, onde pode atingir os tecidos do corpo em altas doses, sem perdas.

Combinado com a manipulação do tecido – que ocorre durante uma massagem – o sangue também é trazido para mais perto da superfície da pele, permitindo assim uma absorção mais rápida de magnésio para dentro das células. Além de ser um “analgésico” natural, o óleo de magnésio descalcifica os tecidos e atua sobre as afeções da pele, especialmente da celulite.

Quais são os efeitos do Óleo de Magnésio no nosso organismo?

  • Alivia dores e espasmos musculares, tremores e cãibras;
  • Auxilia o tratamento da artrite e da artrose;
  • Estimula o crescimento capilar;
  • Trata problemas de pele como celulite, acne…
  • Ajuda no processo de cicatrização (aplicação do Óleo de Magnésio diluído);
  • Descalcifica e relaxa os tecidos.

A aplicação do Óleo de Magnésio é suficiente para repor as carências de magnésio no organismo?

Não, a aplicação de Óleo de Magnésio irá levar a uma reposição local momentânea, mas é necessário assegurar que o organismo é fornecido regularmente com o magnésio. O nosso corpo necessita regularmente de magnésio para realizar as suas funções vitais, por isso é tão urgente a reposição via oral de magnésio. Para além disso, a deficiência em magnésio é tão grave, que o nosso organismo não possui os receptores necessários para a sua absorção. Uma aplicação local não é absorvida por todo o corpo e acaba por funcionar de forma limitada.

No seguinte vídeo é explicado como fazer Óleo de Magnésio. Nota: Este vídeo foi filmado no seguimento do Workshop “O Magnésio, o Sal da Vida”, onde abordámos a temática do Óleo do Magnésio.

Se também quiser fazer o Óleo de Magnésio, pode aceder à receita:

Pin It on Pinterest

Share This